fbpx

Um PC, um tablet ou um smartphone com acesso à Internet é tudo quanto basta para que se abra a porta do conhecimento. Não falamos do conhecimento avulso que pulula pelos vários canais online, mas antes de um método de ensino patrocinado por institutos e universidades que é garantido por professores qualificados: o e-learning (cursos online).

Como ferramenta de formação, o e-learning abrange três diferentes tipos de aprendizagem: áudio + scripro + visual. Em conjunto, estes tipos de aprendizagem vertidos em cursos online permitem oferecer uma formação mais eficiente para um público globalmente disperso, com publicação de conteúdos de qualidade a custos de distribuição reduzidos.

Além destas vantagens, os cursos online oferecem ainda conteúdos personalizáveis e adequados ao ritmo de aprendizagem de cada um dos formandos, mas, como em toda a bela, há alguns senãos.

A ausência de contacto direto entre alunos e professores, os custos com a Internet e a limitação no ensino de matérias eminentemente práticas, são algumas das desvantagens que vêm acopladas a este tipo de ensino e que podem desmobilizar potenciais interessados.

Para que a sua vontade de reciclar conhecimentos ou aprender algo novo não fique por um processo de intenções, vamos dar-lhe conhecer, em pormenor, todas as vantagens e desvantagens que os cursos online oferecem:

Vantagens

  • Os cursos online são abrangentes e garantem a democratização do ensino. Isto é, aparte potenciais constrangimentos decorrentes do custo da Internet ou da ausência de ferramentas adequadas (PC, tablets, etc.), independentemente da idade, formação ou capacidade económica do aluno, as formações estão abertas a toda a gente.
  • No e-learning as metodologias são mais abrangentes do que no ensino tradicional e não dependem da estratégia ou gosto pessoal de um formador.
  • A generalidade dos cursos à distância disponíveis realizam-se com o auxílio de uma plataforma online à qual o aluno pode aceder durante o período da formação para consultar aulas, ter acesso a materiais formativos passados ou realizar atividades relacionadas com o curso.

    Isto permite que o aluno organize e adeqúe o período de formação à sua vida profissional e pessoal.
  • Para além do que vimos no ponto anterior, a utilização de uma plataforma online para a realização dos cursos online permite uma rápida atualização de conteúdos.
  • Aumenta a autoconfiança e o sentido de responsabilidade dos alunos que passam a ser gestores da sua aprendizagem.

Desvantagens

  •  Apesar de todas as comodidades e ferramentas proporcionadas pelo online, a experiência de um curso à distância dificulta a interação entre aluno e professor, bem como entre formandos.

    As limitações a nível social e afetivo, devido à ausência de interação presencial e troca direta de experiências entre professor e aluno e entre alunos, podem provocar uma sensação de isolamento.
  • Apesar de em muitos cursos online, os conteúdos poderem ser personalizáveis e diluído no tempo em acordo com a disponibilidade do aluno, não há como fugir a uma elevada quantidade de informação o que pode confundir e consumir muito tempo aos formandos.
  • Quem não tem ou não consiga racionalizar os seus hábitos de estudo pode enfrentar algumas dificuldades no acompanhamento dos conteúdos de uma formação à distância. Os cursos online exigem um aluno autónomo e disciplinado.
  • O acesso à Internet em Portugal é o terceiro mais caro da União Europeia. Estes custos podem ser um entrave à persecução de um curso online, especialmente se o acesso for feito a partir de caso.
  • O ensino de matérias de forte pendor prático ou laboratorial está fortemente limitado pela própria natureza dos cursos online.


Like it? Share with your friends!