fbpx

O saber não ocupa lugar e pode dar-lhe muito a ganhar. Depois da entrada em vigor do Processo de Bolonha, a licenciatura perdeu peso no mercado laboral levando a um crescimento da procura por formações de nível mais elevado como o mestrado.

Atendendo a esta necessidade, muitos cursos sofreram uma remodelação de modo a oferecerem licenciaturas com mestrado integrado juntando, deste modo, os dois primeiros ciclos de ensino superior num só.

Por norma, o mestrado tem a duração de dois anos com o primeiro ano a ter uma componente mais teórica e o segundo a corresponder à elaboração da tese final. Ao contrário da licenciatura onde o campo de estudos é mais alargado, um mestrado permite que o aluno se foque somente na área em que quer atuar, isto é, que se torne num Mestre num domínio específico.

A propina mínima é de 1000 euros por ano em instituições de ensino superior públicas, mas pode atingir valores superiores em função da reputação, localização e área de estudos.

Escolher enveredar por um mestrado significa investir no futuro, um investimento pessoal e financeiro que não se pode coadunar com dúvidas. Por isso, se está indeciso sobre as vantagens de um mestrado, este artigo é para si.

Vantagens de um mestrado

A conclusão de um mestrado com aproveitamento, confere ao aluno o grau de Mestre. Para além de ser fundamental para poder frequentar um Doutoramento e, assim, prosseguir uma carreira de ensino/investigação no ensino superior, possuir um mestrado abre-lhe um inúmeras portas sendo um ótimo investimento para o futuro. Vamos ver quais:

  • Uma vez que estão divididos em duas partes, um ano de teoria e outro de desenvolvimento da tese que estimula pesquisa e investigação, os mestrados incentivam o desenvolvimento de um conhecimento diverso. Desse modo, criam uma aproximação entre a cultura académica e o mercado de trabalho;
  • Os trabalhadores que possuem um diploma de mestre têm salários mais altos;
  • Para além de dar um boost ao seu currículo, um mestrado vai melhorar e direccionar os seus conhecimentos e interesses. Este impacto no CV será particularmente sentido nos processos de recrutamento. Os recrutadores olham para um mestrado como fator diferenciador, mesmo que estejam cada vez mais comuns;
  • Abre-lhe as portas de uma carreira docente. As licenciaturas de três anos não são profissionalizantes. Estas não permitem o exercício de uma carreira de professor nas escolas (básicas e secundárias) e conservatórios.
  • Estimula a criação cultural, o desenvolvimento científico e o pensamento reflexivo;
  • Serve como autovalorizarão pois permite estudar algo completamente diferente da sua licenciatura;
  • Dá-lhe a oportunidade de fazer um novo, e melhor remunerado, estágio profissional pelo IEFP.

Melhores mestrados

Se já está convencido que um mestrado é um bom investimento para o futuro, fique com uma lista de alguns dos cursos de mestrado com mais saídas profissionais em Portugal com base na entidade Best Masters:

  • Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Consultoria Organizacional na Escola de Negócios do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa;
  • Mestrado em Contabilidade e Controle de Gestão – Faculdade de Economia da Universidade do Porto – Faculdade de Economia e Gestão, Universidade do Porto;
  • Estratégia e Negócios Internacionais na Escola de Negócios e Economia Nova – Universidade Nova de Lisboa;
  • LL.M. avançado em Direito Empresarial Internacional na Faculdade de Direito da Católica Global – Universidade Católica Portuguesa;
  • Pós-Graduação em Comunicação Empresarial na Porto Business School – Universidade do Porto;
  • MSc. em Estudos de Mídia no ISCSP Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – Universidade de Lisboa.
  • Mestrado em Gestão de Mercados de Arte (com FLUL) na Escola de Sociologia e Políticas Públicas, ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa.
  • Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação (MCCTI): Internet e comunicação em rede no Instituto Universitário de Lisboa – Escola de Sociologia e Políticas Públicas.
  • Ciências Empresariais no ISEG – Escola de Economia e Gestão de Lisboa, Universidade de Lisboa.
  • Mestrado em Meio Ambiente e Sustentabilidade no Instituto Universitário de Lisboa;

Nota:

Para ser admitido a mestrado, a maioria das instituições de ensino superior exige uma média final de curso de 14 valores. Contudo, algumas universidades permitem a inscrição de candidatos que já possuam uma pós-graduação em que a nota final supera a da licenciatura.