O objectivo é colmatar a falta de talento qualificado e responder à necessidade crescente de protecção das empresas. Desenvolvido em formato remoto, o curso arranca a 16 de Novembro, sendo que as candidaturas estão abertas até dia 9 do mesmo mês.

À medida que as ameaças cibernéticas continuam a crescer, as organizações colocam a cibersegurança no topo das preocupações e enfrentam o desafio persistente de recrutar profissionais de segurança informática qualificados, capazes de proteger os seus sistemas contra potenciais ataques de agentes externos. Ciente deste contexto, através do novo bootcamp, a Ironhack pretende formar profissionais de qualquer sector numa área tecnológica que tem registado taxas de desemprego de 0%, na última década.

O curso está dividido em três módulos, que percorrem os princípios de segurança e ameaça cibernética, antecedidos de uma formação online com os fundamentos básicos. Uma vez completada esta etapa inicial, durante as nove semanas seguintes, os alunos seleccionados vão aprender noções básicas de device hardware e de conceitos de administração de sistemas e de redes, bem como compreender e construir um programa de segurança, identificando e lidando com os princípios e ameaças mais comuns no panorama de hoje.

O bootcamp termina com cenários reais de ataques informáticos, no qual cada aluno deve proteger uma empresa em tempo real, demonstrando os conhecimentos adquiridos.

Este programa imersivo de 40 horas semanais direcciona-se a qualquer pessoa, com ou sem experiência técnica em tecnologias de informação, que pretenda mudar de carreira, ou tendo concluído os seus estudos, procure aprender novas competências. Os candidatos necessitam apenas de ter mais de 18 anos, um domínio intermédio da língua inglesa e cumprir o trabalho prévio de preparação.

O curso tem um custo de 7000 euros e pode ser pago em mensalidades até 30 meses. Os alunos podem ainda solicitar apoio financeiro, através de empréstimos tradicionais ou modelos de pagamento-por-sucesso, consoante as suas necessidades.

Devido à situação de pandemia em Portugal, as aulas serão em ambiente de aprendizagem totalmente remoto para garantir a segurança dos alunos e colaboradores.

Com uma taxa de colocação na ordem dos 90% (percentagem de alunos que conseguiram um trabalho até três meses depois de terem concluído o curso), a Ironhack já formou mais de 250 alunos em Portugal apenas no último ano.

Mais informações e inscrições no site.


Like it? Share with your friends!



RECEBA A NOSSA NEWSLETTER

Receber ofertas e comunicações por email?

SimNão

Ao registar-se irá receber o nosso e-book