Ao contrário do Facebook ou do Instagram que estão orientados para um âmbito mais social, o LinkedIn nasceu com o intuito de aproveitar o potencial comunicacional das redes sociais para direccioná-lo para o mercado de trabalho.

Lançada em 2003, o LinkedIn é hoje a terceira rede social mais popular em termos de visitantes logo a seguir ao Facebook e Twitter e está vocacionada para profissionais se conectarem e compartilharem conteúdo com outros profissionais, incluindo colegas, potenciais empregadores e parceiros de negócios.

Como as empresas também aproveitam esta rede como mecanismo de recrutamento, o LinkedIn assume-se como a ferramenta ideal para quem está à procura emprego, mas para isso é preciso utilizá-lo corretamente. Fique connosco, vamos dar-lhe algumas dicas para tirar o melhor proveito desta rede profissional.

Dicas para tirar o melhor proveito do LinkedIn

• Transmita uma imagem profissional

Esta imagem profissional e cuidada começa, desde logo, pela sua foto de perfil. Opte por uma foto de perfil de cariz profissional em detrimento de outras mais pessoais. Apresente-se como se fosse a uma entrevista de emprego, ou seja, descontraído, mas assertivo, empático e acima de tudo, credível.

• Personalize o seu URL

Ao invés de um URL extenso e confuso (muitos números, por exemplo), edite-o com o seu nome próprio. Desta forma, ser-lhe-á mais fácil partilhar entre empregadores o seu URL.

Exemplo: http://www.linkedin.com/in/ruicorreia

• Organize o seu perfil e deixe exemplos de trabalhos realizados

Todas as secções do seu perfil devem ser preenchidas. Espaços em branco não são apelativos. Adicione portefólios, vídeos, documentos ou links que redireccionem potenciais recrutadores ou outros profissionais para projetos ou trabalhos que já realizou.

Para além das actualizações periódicas (sempre que justificáveis, claro) do email ou contacto telefónico, deve prestar uma atenção especial aos feeds, timeline, status e discussões em fóruns.

• Optimize o seu perfil do LinkedIn com palavras-chave

Muitos recrutadores fazem a sua pesquisa no LinkedIn utilizando palavras-chave. Optimize a sua página para ser encontrado por estas pessoas ao adicionar essas palavras-chave a várias seções do seu perfil como título ou resumo.

• Aproveite as Pesquisas guardadas

O LinkedIn permite que os utilizadores guardem até dez pesquisas de emprego e três pesquisas de pessoas. Após realizar uma pesquisa, clique na opção de guardar no canto superior direito para salvar uma pesquisa e executá-la novamente mais tarde.

De igual forma, também pode optar por receber via e-mail lembretes semanais ou mensais (além de diários, para pesquisas de emprego) quando novos profissionais na rede ou empregos corresponderem aos critérios de pesquisa guardados.

• O seu perfil de LinkedIn deve ser sucinto e de fácil visualização

O seu perfil de LinkedIn deve ser sucinto e de fácil visualização e compreensão. Os recrutadores e responsáveis pelos Recursos Humanos das empresas que navegam por este universo digital não pretendem o seu CV completo, mas ter uma noção muito clara e concreta do que já fez, qual a sua experiência profissional, em que empresas trabalhou, quais os seus estudos e aptidões, cursos ou formações, idiomas que domina e área de especialidade.

Isto deverá estar no topo das suas preocupações de modo a atrair visualizações ao seu perfil e visitas profissionais que lhe possam interessar.

• Recomendar e ser recomendado é o melhor cartão-de-visita

Recomendar e ser recomendado por outros profissionais devido às suas competências é o melhor “cartão-de-visita” que pode ter perante um recrutador ou outros profissionais, empresas ou setores de interesse. Se for recomendado, não se esqueça de retribuir a gentileza.

• Encontre um emprego através de posts de anúncios de empregos do LinkedIn

Depois de devidamente preenchido e organizado, pode utilizar o seu perfil de LinkedIn como currículo junto da rubrica “Empregos do LinkedIn” para conseguir um novo cargo.

Socorrendo-se da pesquisa avançada, o LinkedIn permite-lhe procurar empregos por palavras-chave, setor, localidade, empresa, função, nível de experiência e muito mais. Pode, igualmente, editar as suas preferências de emprego e o LinkedIn passará a sugerir apenas empregos que se enquadrem naquilo que procura.

• Confira quem andou a ver o seu perfil do LinkedIn

Esta ferramenta está acessível através do menu “Perfil” e permite visualizar quem e quais as funções das pessoas que visitaram o seu perfil.

Para além de perceber quem o “visitou” também pode ver o posicionamento do seu perfil em relação a visualizações de perfil para as suas conexões, as pessoas da sua empresa ou profissionais de outras empresas.

Se uma das visitas ao seu perfil pertence a uma área ou empresa em que esteja interessado em trabalhar, este é o mote perfeito para iniciar um contacto (conexão em linguagem de LinkedIn).

• Aproveite as vantagens dos Grupos do LinkedIn

Caso esteja integrado num grupo de LinkedIn e seja membro desta rede há pelo menos 30 dias  e membro desse grupo especifico há pelo menos 4 dias, o LinkedIn permite-lhe enviar até 15 mensagens individuais gratuitas por mês para colegas de grupo.


Like it? Share with your friends!