fbpx

Vamos falar sobre Criatividade no trabalho e estudo?

A criatividade é a faculdade/habilidade de criar ou o potencial criativo. Explicado de forma simples, a capacidade criativa pode ser definida como a habilidade para gerar ideias, alternativas e soluções a um determinado problema de forma mais rápida, fácil, eficiente ou económica.

De um modo geral, pode-se afirmar que um sujeito criativo tem confiança em si mesmo, sensibilidade de percepção, capacidade intuitiva, imaginação, entusiasmo e curiosidade intelectual.

Dito isto, não é difícil de imaginar que, quem usa criatividade no trabalho e estudo, terá mais ferramentas ao seu dispor para resolver problemas e destacar-se dos demais.

Altamente valorizada pela sociedade contemporânea, a criatividade é um catalisador de mudança e apresenta grandes benefícios para o trabalho e estudo. Venha conhecer alguns deles.

 

Benefícios da criatividade no trabalho

 

  • Serve de motor ao desenvolvimento

Como não tem medo de lançar ideias, um trabalhador criativo têm mais oportunidades de ter boas ideias e encontrar soluções “fora-da-caixa” para problemas aparentemente irresolúveis.

  • Aumenta a competitividade das empresas

A capacidade de trazer novos pontos de vista e soluções alternativas que afloramos no ponto anterior tem também um grande impacto na capacidade de inovação das empresas onde esses profissionais trabalham.

Isto é um fator importantíssimo na diferenciação destes negócios num mundo empresarial cada vez mais competitivo.

  • Ajuda na resolução de conflitos

A abertura a diferentes pontos de vista é uma das principais características de uma pessoa criativa. Este elemento acaba por ser fundamental na resolução dos conflitos que, inevitavelmente, acabam por surgir no seio de uma empresa.

  • Melhora a comunicação

De forma geral, uma pessoa criativa consegue expor de forma mais clara e objetiva as suas ideias escolhendo as palavras e expressões que melhor se adequam a cada momento.

Assim sendo, esta qualidade permite à empresa contar com uma comunicação mais assertiva, interna e externamente.

  • Capacidade de adaptação a diferentes realidades

Pequenas e médias empresas debatem-se, mormente, com orçamentos limitados e falta de disponibilidade financeira para efetuarem investimentos que lhes permitam colocar em andamento estratégias fraturantes e diferenciadoras.

Caso essas empresa contem com gestores e colaboradores criativos nos seus quadros, as limitações podem ser mitigadas através da capacidade dessas pessoas de criarem e/ou improvisarem soluções com recursos reduzidos.

Benefícios da criatividade nos estudos
  • Aumenta a capacidade de lidar com problemas e de propor soluções para eles e de ter um pensamento crítico e reflexivo;
  • Serve de estímulo à colaboração e ao desenvolvimento da resiliência;
  • Fomenta a transversalidade de pensamento. Isto é, fomenta a capacidade de cruzar e combinar dados de diferentes áreas para desenvolver soluções;
  • De acordo com um estudo realizado pela Fundación Botín, Espanha, o desenvolvimento criativo na infância contribui para aumentar em 17,6% a possibilidade de que o aluno entre numa boa faculdade e tenha um bom emprego;
  • A educação, tal como virtualmente quase todas as áreas da nossa sociedade, estão a passar por uma revolução nos meios e ferramentas ao seu dispor, em especial as digitais.

Um aluno criativo terá menos dificuldades em adaptar-se a estas mudanças e aos desafios que  um mundo cada vez mais globalizado que lhe apresenta.