fbpx

É fácil entregarmo-nos à rotina profissional e deixar os dias emaranharem-se uns nos outros sem que encontremos as pontas que lhe definem o início e o fim. Quando acordamos a pensar unicamente no momento de picar o ponto de saída do trabalho, isto é um sinal de que precisamos de dar um passo em frente no sentido de mudar, evoluir.

Diz a sabedoria popular que parar é morrer. Num mercado laboral cada vez mais competitivo, esta “paragem” pode ser fatal, por isso torna-se necessário que abracemos novos conhecimentos e não tenhamos medo de arriscar.

Definir metas, atualizar competências, não ter receio de pedir novas responsabilidades e manter a mente aberta em relação a novas oportunidades são algumas das ferramentas que permitirão alavancar a sua carreira profissional.

Se, neste palco do tempo, anda às voltas por querer sempre mais, mas não sabe por onde começar, as dicas que de seguida lhe deixaremos vão ajudá-lo a saber como fazê-lo e a atingir a tão ansiada evolução na carreira.

Dicas que vão ajudar a evoluir na carreira

• Definir metas

Se pretende evoluir na sua carreira, quer se encontre empregado, quer esteja à procura de emprego, o primeiro passo é definir uma meta a médio/longo prazo. Pense na sua satisfação pessoal, pense na questão salarial, pense que quer trabalhar na mesma área profissional até à reforma. Coloque todas estas dimensões em perspectiva.

O importante com o estabelecimento de metas é perceber quais são as nossas expectativas enquanto profissionais.

• Aposte nas soft skills

A aposta na capacidade de trabalho em equipa, na inteligência emocional, na capacidade de comunicação e no pensamento crítico são aptidões extremamente importantes para conseguirmos crescer enquanto profissionais, em qualquer área de atuação.

Apesar de, por si só, estas soft skills não serem garantia de que iremos alcançar os objetivos a que nos propusemos, são ferramentas preciosas que nos ajudam a ir mais além.

• Networking

Cuidar do nosso trabalho significa também cuidar das relações pessoais que vamos estabelecendo ao longo do nosso percurso.

Bons relacionamentos podem alavancar um projeto, atrair oportunidades e colocar um profissional em destaque no mercado de trabalho, por isso é que todo o contacto é precioso, seja com figuras de chefia, pares, subordinados ou parceiros.

• Manter a mente aberta

Falamos em definir metas como forma de estruturar os passos a dar para conseguirmos evoluir na carreira, mas nem sempre corre tudo como o planeado. Se surgir uma oportunidade fora daquilo que tiver planeado e caso entenda que é uma boa oportunidade, não hesite e avance.

• Peça novas responsabilidades

Vá além do que lhe pedem (sem com isso colocar em causa hierarquias ou trabalhos pré-estabelecidos) e mostre-se disposto a aceitar novas responsabilidades. Se confia nas suas capacidades, “atire-se aos leões”!

• Procure diversificar os seus conhecimentos

Um curso universitário, uma pós-graduação ou uma formação numa área diferente da sua não só o obriga a cortar com uma certa rotina mental, como vai ajudá-lo a diversificar o seu portefólio de conhecimentos e aptidões.

Para além de o tornar mais capaz na execução do seu trabalho, esta sede de conhecimentos será uma mais-valia para si na altura de mudar de “ares”. Lembre-se, o saber não ocupa lugar.

• Aceitar os erros e crescer com eles

Não lhe diremos, como o dramaturgo irlandês Samuel Beckett para que “tente de novo, falhe novamente, falhe melhor”, mas é importante aceitar o erro como algo natural para que se transformem em ferramentas de aprendizagem e crescimento.

Só falha quem não arrisca.