fbpx

Se o risco de esgotamento e burnout já se encontrava numa espiral crescente ao longo dos últimos anos, a pandemia, e as alterações que esta trouxe ao mundo laboral, veio acelerar esta tendência e é aqui que surge a aplicação Holi. Criada pela startup portuguesa Nevaro sediada em Lisboa, a Holi app nasce com o intuito de ajudar as empresas a gerirem o burnout, ou síndrome de exaustão profissional, do seus profissionais e contribuir, deste modo, para a sua saúde mental.

O que é e como funciona a Holi app?

Na prática, a Hoi é uma aplicação de telemóvel passível de ser descarregada na App Store e na Google Play Store que recorre aos sensores do dispositivo móvel, assim como a um modelo de avaliação holística do bem-estar e nível de burnout da pessoa, para quantificar e personalizar o progresso do caminho na gestão da sua saúde mental na empresa onde trabalha.

Esta avaliação processa-se através de soluções gamificadas clinicamente validadas e alicerçadas na psicologia positiva que ajudaram, então, o trabalhador e a empresa a perceber que linhas vermelhas estão a ser ultrapassadas e se será necessário procurar ajuda de um profissional de saúde qualificado.

Para que isto se concretize, a aplicação Holi coloca ao serviço do utilizador um espaço seguro de journaling em que o colaborador pode escrever como se sente, uma biblioteca de técnicas de psicologia digitalizadas e gamificadas, métricas de desempenho, conquista e bem-estar que ajudam a monitorizar a jornada de trabalho e um mood tracker que funciona de forma semelhante a um “semáforo do nível de ‘burnout” que classifica o humor do utilizador em cinco categorias que são identificadas por cores que funcionam como níveis de risco.

Caso o trabalhador se encontre entre o amarelo e o vermelho, é sinal de que precisa de procurar ajuda.

Assim, de forma geral, a Holi oferece:

– Um espaço seguro para journaling;

– Uma biblioteca de técnicas de psicologia digitalizadas e gamificadas;

– Monitorização da jornada com avaliação do burnout e do bem-estar;

– Métricas de desempenho, conquistas, e bem-estar;

– Privacidade e confidencialidade garantidas;

– Possibilidade de integração com rede clínica;

– Personalização do percurso através de biomarcadores fisiológicos e comportamentais

– Integração de wearables para precisão melhorada (biofeedback).

Objetivos e destinatários

Como referimos, objetivo principal desta app é o de monitorizar o “burnout” em ambiente de trabalho contribuindo, deste modo, para a felicidade dos trabalhadores, aumento da produtividade e redução do número de baixas médicas.

As empresas, seja qual o seu tamanho ou área de atuação, que querem proporcionar melhores condições de trabalho e, simultaneamente, consciencializarem-se para o estado de ansiedade dos seus funcionários são os grandes destinatários desta aplicação, mas não são os únicos.

Ao propor-se trabalhar em estreita ligação com as instituições de saúde, a Holi irá também ser de extrema utilidade na redução do erro médico e na melhoria da qualidade do serviço prestado aos pacientes.

Apesar de ainda estar em fase piloto (as organizações que queiram experimentar a Holi app só têm de contactar a startup), a Nevaro afirma ter conseguido comprovar através dos testes já realizados uma redução da ansiedade nos trabalhadores seis a quatro vezes mais rápida do que com uma terapia normal.