Quer candidatar-se a um emprego, mas entende que o seu currículo peca por escasso?  Sente que lhe falta um fator diferenciador? Estas são algumas das questões que tomam de assalto milhares de candidatos a uma vaga de emprego.

Apesar dos métodos de seleção e recrutamento serem bastante abrangentes, o currículo continua a ser a principal ferramenta de aferição se um candidato é a pessoa ideal para um determinado posto de trabalho, por isso a necessidade dele se desmarcar dos demais é ainda mais premente.

Saber o que acrescentar ao seu currículo para que esta fique mais sedutor aos olhos dos recrutadores é o objetivo deste artigo. Fique connosco e aprenda como fazê-lo.

Formas de enriquecer o seu currículo

• Melhorar as suas competências linguísticas

Saber mais do que uma língua não só lhe permitirá comunicar com pessoas de outros países, como lhe dará uma grande vantagem em processos de recrutamento.

Por exemplo, o simples facto de se conseguir expressar, ainda que de forma básica, em mandarim pode ajudar a desbloquear um negócio com empresas chinesas. Apesar da linguagem dos negócio continuar a ser o inglês, mesmo na China, os empresários chineses são bastante sensíveis a quem consegue comunicar na sua língua.

Só o facto de estar a aprender pode demonstrar a um recrutador que é motivado e que procura aprender coisas novas.

• Faça um workshop de representação

Enriquecer um currículo não passa apenas por melhorar as suas competências académicas ou linguísticas. As competências na área das relações interpessoais são extremamente na sua afirmação numa candidatura de emprego.

Fazer uma formação de representação ou mesmo de improviso pode ajudá-lo a interagir com diferentes tipos de pessoas e pode ensiná-lo a adaptar-se melhor a diferentes situações.

• Fazer formação

A falta de tempo ou dinheiro para aprender algo novo deixaram de ser empecilhos a quem quer enriquecer o seu currículo com mais formação. Com a multiplicação de formações online gratuitas e flexíveis em termos horários, adquirir novas competências está, literalmente, à distância de um clique.

Por exemplo, a plataforma online edX (fundada pela Universidade de Harvard em conjunto com o MIT) disponibiliza cursos em áreas tão diversas como a arquitetura, direito, comunicação, ciências da computação, análise de dados e estatísticas, história, humanidades, literatura, matemática, design, biologia, música ou nutrição.

• Transformar um hobbie num negócio

Pense em algo que goste realmente de fazer e para o qual tem “jeito”. Já pensou? E que tal transformar esse hobbie num negócio e rentabilizá-lo?

Irá desenvolver competências empreendedoras e assim poderá impressionar os recrutadores no futuro.

• Fazer voluntariado

Ser voluntário pode ajudá-lo a ganhar confiança e a reforçar o seu currículo. Pode-se voluntariar para ensinar alguma competência que domine, por exemplo, ou ajudar associações que precisem de colaboradores.

O importante é aproveitar as suas capacidades ou adquirir experiência em outras áreas.

• Criar um blog

Se pretende dar-se a conhecer aos empregadores do seu setor profissional e acrescentar valor ao seu currículo, pode ponderar escrever sobre temas do seu interesse ou sobre temas do seu setor profissional num blog pessoal.

Ao fazê-lo não só estará a promover-se enquanto especialista numa determinada temática, como estará a fortalecer a sua presença online.

• Networking

A melhor forma de o seu currículo ganhar valor é ir recolhendo contactos profissionais e criar relações que sejam relevantes para a sua profissão. O blog, formações ou ações de voluntariado podem ser excelentes ferramentas para alargar o seu leque de contactos.

• Explorar novos setores profissionais

Não se limite a candidatar-se a áreas da sua formação profissional. Pode encontrar trabalho numa área diferente e aproveitar para ganhar novas competências e receber conselhos de outros profissionais que lhe poderão valer ouro em futuras candidaturas de emprego.


Like it? Share with your friends!