NO QUE CONSISTE O MENTORING ORGANIZACIONAL?

A mentoria é uma relação que acontece, geralmente, entre duas pessoas, onde uma tem mais experiência e a outra é menos experiente, ou seja, o Mentor partilha os seus conhecimentos com o Mentorado e este “bebe da fonte” da sabedoria de alguém que sabe o que faz. 

Quando o Mentoring é realizado corretamente, as empresas têm inúmeras vantagens.

Para perceber melhor vamos imaginar o seguinte cenário: o Lucas trabalha há 5 anos numa grande empresa de distribuição, na área da logística. A empresa tem planos de se expandir e, nesses planos, o Lucas será promovido para um cargo de liderança. A Amélia foi “convocada” para ser a mentora do Lucas, ela possui 20 anos de experiência na liderança de pessoas na mesma empresa. O Lucas é muito bom no que faz, mas a gestão identificou que se ele fosse integrado no programa de mentoria da empresa iria desenvolver algumas competências mais rapidamente e assim o fez.

O Mentoring pode trazer inúmeros benefícios para a organização, como por exemplo:

POTENCIALIZAR O FOCO NA ORGANIZAÇÃO

Quando um programa de Mentoring é pensado tem como foco o cumprimento de alguns objetivos e/ou suprimento de lacunas que são previamente identificadas. No nosso exemplo, a Amélia poderá trabalhar em conjunto com o Lucas para melhorar as competências de liderança, uma vez que esta lacuna foi identificada pela avaliação de desempenho.

GERAR IMPACTO

Quando um programa de Mentoring é posto em prática deverá ser avaliado o impacto não só a curto, mas também a médio e longo prazo.  Claro que o retorno a curto prazo é notado mais rapidamente. No exemplo do Lucas, este terá desenvolvido algumas competências que lhe poderão ser úteis no momento, mas também a médio e longo prazo.

SER INCLUÍDO EM PEQUENAS, MÉDIAS E GRANDES EMPRESAS

Não é preciso ser uma grande empresa para ter um programa de Mentoring. Se partimos do princípio que o Mentoring acontece quando uma pessoa mais experiente orienta/ensina uma menos experiente, esta relação pode ocorrer em qualquer tipologia de empresa. O que pode acontecer é que nas grandes empresas o Mentoring pode ter uma expressão estrutural mais evidente, por força do nível de maturidade organizacional que a mesma apresente, o que não quer dizer que uma pequena empresa também não o possa fazer.

RETENÇÃO E ATRAÇÃO DE TALENTOS

Os gestores podem aproveitar o programa de Mentoring para atrair novos talentos e para reter os que já existem. Ao participar do programa de Mentoring o colaborador pode sentir-se motivado e valorizado pela organização, além do mais contribui não só para o seu desenvolvimento pessoal, mas para o desenvolvimento da organização. O Lucas poderá fazer uma formação de liderança, que com certeza lhe será muito útil, mas poder ter um mentor que o oriente em contexto real de trabalho partilhando toda a sua experiência, o que é uma grande mais valia. 

REDUZIR OS CUSTOS

Quando a empresa investe num programa de Mentoring os custos com a formação dos novos colaboradores ou de recolocação para uma nova função podem diminuir drasticamente. A partir do momento em que os mentores pertencem à organização, a empresa não precisa de investir em mão de obra externa. Uma das vantagens de ter mentores da própria organização é justamente ser alguém que já tem experiência e conhecimento sobre a empresa, assim sendo, a formação do colaborador para o cargo ou nova função será “à medida” das necessidades. Imagine quanto a organização pode poupar ao ter a Amélia como mentora do Lucas, ao mesmo tempo que o Lucas também ganha por ter uma formação à medida.

Depois do “boom” que foi o coaching, muitas empresas acabaram por adotar esta ferramenta para o seu dia a dia, mas é importante ficar esclarecido que o Mentoring e o coaching não são a mesma coisa. Enquanto o coaching tem por objetivo desenvolver, desafiar, apoiar e capacitar pessoas a atingir de forma sustentável todo o seu potencial individual e profissional, através de perguntas, o Mentoring vai além disso, procura manter uma relação de longo prazo, baseada na troca mútua de informações, experiências e perspetivas.

As vantagens de ter um programa de Mentoring Organizacional são muitas, mas é preciso formar os mentores para esta tarefa, muni-los de ferramentas e técnicas de que farão uso durante o processo, para que seja o mais eficaz e produtivo possível.


Like it? Share with your friends!