fbpx

Quais são os melhores trabalhos para estudantes?

Há uma coisa que os estudantes universitários partilham, por norma, entre si: a constante falta de dinheiro.

De modo a colmatarem esta falha, muitos estudantes procuram um emprego que lhes permita, entre outras coisas, pagar as propinas, o aluguer de casa ou comprar material de estudo.

Para além dos trabalhos-cliché em call-centers ou babysitting, deixamos-lhe um cardápio recheado com alguns dos melhores empregos para estudantes e dicas que podem ser úteis na altura de optar entre um ou outro trabalho.

 

Os melhores trabalhos para estudantes

 

  • Telemarketing

Este tipo de trabalho já é um cliché quando falamos de trabalhos para estudantes.

A flexibilidade em matéria de horários laborais e a grande rotatividade nas equipas que compõe os call-center, fazem do trabalho em telemarketing uma opção interessante para quem procura ganhar uns trocos que lhe permita, por exemplo, pagar as propinas ou o aliguer da casa.

Para além disto, pela natureza do próprio trabalho, o telemarketing permite aos estudantes adquirir competências tão diversas como a capacidade de comunicação, sentido de responsabilidade ou capacidade de liderança que lhes serão úteis nos seus futuros percursos profissionais.

  • Explicações

Não há nada mais belo do que transmitir os conhecimentos adquiridos a outros. Se é bom aluno numa determinada área ou disciplina e tem jeito para ensinar, dar explicações a titulo pessoal ou num centro de estudos pode ser uma boa forma de ganhar algum dinheiro.

Aproveite as ferramentas online para anunciar os seus serviços e, quiçá, também leccionar à distância.

  • Entregas de comida

As entregas de comida ao domicílio está na moda e não faltam postos de trabalho, especialmente em apps de entregas como a Glovo ou a UberEats. Se o estudante preferir, pode dar largas ao seu espírito empreendedor e propor este tipo de serviços a restaurantes da zona onde vive ou estuda.

  • Promotor

Dinamizar a promoção de marcas, eventos ou produtos cosméticos é uma das opções preferidas de muitos estudantes, dada a flexibilidade de horários que proporciona.

Para além disso, estes trabalhos temporários são, geralmente, bem pagos e permitem ao estudante manter o foco nos seus estudos optando por aceitar apenas os trabalhos que mais lhe interessam.

  • Trabalhos à distância pela Internet

A Internet oferece um recheado cardápio de ofertas de emprego que se adequam ao perfil dos estudantes. Web designer, copywriter ou gestão de redes, são alguns dos trabalhos dentro desta área que podem ser realizados à distância via Internet e em regime freelancer.

  • Serviços de catering

Pode não ser um trabalho muito procurado pelos estudantes, mas os ganhos são, por norma, extremamente generosos.

Os trabalhos das empresas de catering decorrem, normalmente, aos fins-de-semana (como é o caso dos casamentos, por exemplo) e mesmo que aconteçam durante a semana durante a semana (como eventos das empresas) costumam ser marcados para depois do horário de trabalho e de estudo, o que faz deste trabalho uma boa opção para estudantes.

Empregado de mesa, cozinheiro, copeiro ou bartender são algumas das funções disponíveis neste tipo de trabalho.

  • Trabalhe na própria faculdade

Muitas faculdades oferecem trabalho nas suas instalações. Como seria de prever, os alunos têm, por norma, primazia na quando chega a hora da contratação.

Para além de não gastar dinheiro com transportes ou alimentação, trabalhar na sua faculdade pode afirmar-se como uma boa oportunidade para fazer networking.

Entre alguns dos trabalhos mais requisitados nas faculdades, encontram-se empregos nos departamentos académicos, na biblioteca, a prestar suporte técnico ou a prestar apoio nos departamentos de investigação.

  • Babysitting

Este é mais um trabalho clássico para estudantes. Se tem disponibilidade e algum jeito para lidar com crianças, esta pode ser uma forma de arranjar dinheiro extra.

No caso do seu curso universitário estiver ligado às ciências da educação ou cuidados infantis, um trabalho como baysitter pode ser um excelente “estágio”.

  • Petsitting

Além do cuidado de crianças, há uma tendência que está em crescimento nos últimos anos que dá pelo nome de petsitting. Ao contrário de humanos, os petsitters tomam conta de animais de companhia.

Os estudantes que têm tempo e jeito para cuidar de animais podem colocar os seus serviços ao dispor dos clientes através de flyers e plataformas online ou, se preferirem, podem optar por se inscreverem em plataformas como a Yoopies.pt que faz a ponte entre petsitters e potenciais clientes.

  • Trabalhar numa loja/supermercado

Trabalhar em livrarias, lojas de roupa ou supermercados também pode ser boa escolha. Especialmente em centros comerciais, esta opção permite mais flexibilidade em termos de trabalho a tempo parcial, uma vez que o horário de funcionamento é mais alargado.


Like it? Share with your friends!